Projeto Pedagógico


Princípios norteadores da organização curricular para o Bacharelado


 

Eixo 2: Conhecimentos das Ciências Afins

Historicamente a Matemática tem se desenvolvido através de diversos problemas que surgiram na Física e, reciprocamente, tem fornecido a Física ferramentas matemáticas importantes para seu desenvolvimento.

A Física, assim como a Matemática, é uma forma de pensar e não apenas o acúmulo de conhecimento. O Bacharel em Matemática deve ter uma boa formação nesta área do conhecimento e entrar em contato com conceitos da física que lhe dê oportunidade de começar a pensar fisicamente, pois esta é a maior fonte de problemas contextualizados que a Matemática dispõe.

Muitos conceitos vistos em Cálculo, Álgebra Linear, Geometria Analítica e noutras disciplinas do curso são fundamentais para o desenvolvimento da Física, assim os alunos estão aplicando os conhecimentos estudados anteriormente, exercitando o conhecimento e ampliando seus horizontes.

Além disso, com a expansão do emprego de conhecimentos e linguagens matemáticas nas mais diversas situações e contextos pelos diferentes extratos sociais, a Matemática concretiza-se na sociedade atual também através de índices, gráficos, tabelas e cálculo de diferentes médias. Isso justifica a inclusão de tópicos de Estatística na formação do bacharel em Matemática. Da mesma forma a Probabilidade deve ser explorada em problemas interessantes que motivem a aprendizagem e lhe emprestem significação concreta.

Propomos assim o seguinte rol de disciplinas obrigatórias em na área de Física: