UFPR

A duração é de 4 anos durante os quais destacam-se:

Ciclo Básico, destinado à preparação da base em Matemática Superior, Ciências Exatas e Computação, com disciplinas de Cálculo, Álgebra Linear, Equações Diferenciais, Programação, Laboratório, Estatística, Física e Computação;

Ciclo Profissionalizante destinado à preparação teórico-prática do estudante (Otimização, Análise Numérica, Pesquisa Operacional, Métodos de Matemática Aplicada, Algorítmos e Estrutura de Dados Avançados );

Atividades Formativas Complementares visando à ampliação da formação acadêmica por meio da participação estudantil em programas e projetos institucionais, representação acadêmica, atuação na Empresa Júnior; os Estágios e o Trabalho de Conclusão de Curso.

A carga horária do curso é de 2690 horas, das quais 300 horas de disciplinas optativas em diversas áreas (Controle Estatístico de Qualidade, Inovação e Empreendedorismo, Gerenciamento de Projetos, Controle de Processos, Logística, Modelos Matemáticos para Biologia, Modelos Matemáticos em Finanças, dentre outras), 200 horas de atividades formativas e 200 horas de estágios.

Áreas de Atuação

Perfil Profissional

Do Bacharel em Matemática Industrial é esperado um domínio de conhecimentos e técnicas matemáticas e computacionais que o habilitem e o capacitem a enfrentar desafios, a inovar e a propor soluções práticas para problemas reais, atuando tanto no setor público quanto na iniciativa privada. O matemático industrial deve ter domínio dos conceitos básicos da matemática pura e aplicada; domínio da matemática correspondente às aplicações a processos industriais e gerenciais: domínio de mecanismo de análise, avaliação e de decisão. Além disso, sua formação deve ser pautada pelos princípios éticos e pelos conceitos de cidadania tendo a consciência da preservação ecológica como um bem da humanidade sendo, portanto, um profissional habilitado a atuar no mercado de trabalho lidando com os conceitos de auto-suficiência e auto-sustentabilidade. A consciência cidadã de que vivemos num país de profundas diferenças regionais, de grandes e históricas desigualdades sociais dão ao matemático industrial um foco profissional peculiar para a sua atuação na busca de alternativas de soluções próprias e específicas para a nossa realidade, dentro de parâmetros internacionais de controle e qualidade. A consciência profissional da necessidade de consolidação das bases para o desenvolvimento econômico sustentável do país, com o correspondente compromisso social, se constitui o grande diferencial na formação profissional do matemático industrial: tecnicamente competente em sua área de atuação e ético enquanto cidadão.

O acesso ao Curso ocorre mediante: a) Processo seletivo anual (Concurso Vestibular); b) Programa de Ocupação de Vagas Remanescentes oriundas de desistência e ou abandono de curso; c) Transferência Independente de Vaga; d) Mobilidade Acadêmica (convênios, intercâmbios nacionais e internacionais, outras formas).

Com o objetivo de promover uma fase de adaptação dos candidatos ao curso pretendido foi implantado, a partir de 2006, o Processo Seletivo Estendido (3a. Fase), de que os candidatos aprovados na segunda fase do concurso vestibular participam cursando as disciplinas Funções e Geometria Analítica , em caráter classificatório e eliminatório.

São oferecidas 40 vagas no curso por ano.


José João Rossetto
Coordenador do Curso de Matemática Industrial
jjrossetto@ufpr.br

Carlos Maidel da Luz
Secretário da Coordenação
maidel@ufpr.br


Coordenação do Curso
Centro Politécnico
1º andar do Bloco das Exatas (Bloco PC)
Telefone: (41) 3361 3353

Departamento de Matemática
Universidade Federal do Paraná
Centro Politécnico, Jd. das Américas
Caixa Postal 19081
CEP 81531-980, Curitiba, PR
Telefone/Fax: (41) 3361 3041/3019